Demolidor
Demolidor / DC Comics

Demolidor e sua nova história deve ser o Constantine da Marvel

Supostamente O Demolidor tem um anjo da guarda, o que dá para a Marvel uma ótima oportunidade de fazer de Murdock sua verdadeira resposta ao Constantine da DC.

Aviso! Spoilers à frente para Demolidor #1!

O Demolidor pode se tornar o próprio Constantine da Marvel em sua nova série. Matt Murdock está em uma posição perfeita para um mergulho no paranormal, com a recente revelação de um misterioso “Anjo da Guarda” o seguindo.

John Constantine (DC Comics) é um detetive que lida estritamente com assuntos ocultos. Ele pode não parecer muito ao lado da Liga da Justiça , mas sua aparência despretensiosa esconde uma imensa fonte de poder místico, reforçada por uma memória estudada de feitiços rituais e pelo acesso a uma litania de artefatos. Em suas aventuras Constantine cruza caminhos com divindades de muitas culturas, incluindo a versão de Lúcifer e o Deus Abraâmico da DC. O Demolidor compartilha uma conexão óbvia com essas duas figuras, mas a Marvel nunca pareceu interessada em pendurar um chapéu neles – bem até agora.

Daredevil #1 por Marco Checchetto e Chip Zdarsky pega no rescaldo do evento Devil’s Reign e Hornhead nunca esteve em um lugar mais incerto. Matt resolveu mergulhar totalmente em sua identidade como Demolidor após usar o cadáver de seu irmão gêmeo para fingir sua própria morte, dividindo asism os deveres de defender Hell’s Kitchen com Elektra. Mas as páginas finais desta edição apresentam uma figura enigmática que, por sua própria admissão, vem seguindo e protegendo Matt por muitos anos. Robert Goldman, um homem que Matt conheceu na faculdade de direito revela-se de fato um anjo dourado, cuja revelação é tão luminosa que restaura brevemente a visão de Matthew. Tão rapidamente quanto ele aparece, no entanto, ele desaparece, deixando os leitores em um suspense tentador.

Veja mais:  Quarteto Fantástico, retornando à Zona Negativa
Daredevil Hq
Marvel

A fortuna perpetuamente pobre de Murdock, pode acabar sendo um truque. Mas se for legítima abriria tantas possibilidades fascinantes. Em primeiro lugar, o Demolidor tem compartilhado a supervisão de Manhattan com cerca de cem outros heróis. Toda a preparação para Devil’s Reign foi fundada em seus sentimentos esmagadores de impotência e dúvida sobre se ele estava realmente fazendo uma diferença positiva na batalha contra a injustiça. Se houver retornos decrescentes no Demolidor como herói de rua, tanto no universo quanto na perspectiva do público, seria hora de uma abordagem mais experimental do personagem? Quando se considera que Matt já lutou contra Mephisto antes “Daredevil: Demon Slayer” não é um conceito tão radical assim.

Outra semelhança entre Constantine e Murdock é seu humanismo compartilhado. Não importa como eles se tratem, eles continuarão a defender os inocentes contra as ameaças que ninguém mais pode lidar. A aparição desse anjo pode reorientar sua perspectiva sobre quais tipos de batalhas realmente importam além de anunciar a reconexão de Matt com sua fonte espiritual. Com as responsabilidades do Doutor Estranho crescendo em escala multidimensional e o Motoqueiro Fantasma classificando uma vingança pessoal , pode haver principados que ainda precisam de luta livre. Se há algum herói qualificado para se tornar o Constantine do Universo da Marvel, este herói é o Demolidor .

Demolidor #1 já está disponível na Marvel Comics.

DEIXE SEU COMENTÁRIO PARA SABERMOS O QUE VOCÊ ACHOU DA PUBLICAÇÃO

Veja mais:  Batman estava errado sobre a Liga da Justiça ser a maior ameaça da DC

Sobre o Author

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *